Como era esperado pelas entidades promotoras, o Feirão Limpa Nome, vem alcançando seus objetivos.

 
 
 
 

Depois de alcançar números positivos durante os primeiros 15 dias de sua realização, o “Feirão Limpa Nome” que foi prorrogado até 10 agosto, continua atraindo consumidores que pelos mais diversos motivos tiveram seus nomes negativos a partir de pendências junto ao comércio local da cidade.

Dirigentes da ACISB, CDL e Sindilojas tem a expectativa de que nos próximos dias, mais consumidores procurem estabelecimentos comerciais para renegociar dívidas existentes e assim habilitem-se a comprar pelo sistema de crediário novamente. O “Feirão Limpa Nome” pretende fazer com de que consumidores regularizem possíveis pendências pagando apenas o valor das compras realizadas, sem juros e multas.   

Estão participando da campanha desenvolvida pela ACISB, CDL e Sindilojas inúmeras empresas de São Borja, inclusive a Prefeitura Municipal, para que proprietários de imóveis com pendências, possam quitar IPTU atrasado, em condições de pagamento acessíveis e sem qualquer acréscimo.

O presidente da ACISB, Wolmi Oliveira, acredita que mais consumidores irão procurar as lojas nos próximos dez dias  para renegociar e assim ficarem aptos a realizar compras pelo crediário.

“Essa campanha é um marco significativo para nosso comércio. No final do ano vamos ter reflexos positivos, principalmente nas compras a prazo”, diz o presidente da ACISB.

As pessoas que quitarem suas dívidas, em cinco dias úteis terão seus nomes retirados do SPC Brasil. A partir disso, já poderão realizar compras novamente no comércio local.