Secretaria da Saúde do município trabalha de forma objetiva na prevenção e tratamento da Hepatite C.

Secretário José Luiz Machado, presente no evento "Hepatite Zero", que acontece hoje na Praça XV de Novembro.
 
 
 
 

São Borja é o município da região que mais recebeu medicamentos para tratamento da hepatite C. Os produtos foram destinados pela 12ª Coordenadoria de Saúde de Santo Ângelo. Apesar de inúmeras campanhas de esclarecimento, em São Borja são 35 pessoas que estão recebendo medicação, número que preocupa o secretário da saúde do município, José Luiz Machado.

O tratamento tem a duração de 90 dias (3 meses) e é realizado com a utilização dos medicamentos Sofosbuvir 400mg, o Ledispasvir que substituirá o Daclastavir 60mg e Ribavirina 250 mg.

A rede de atenção à saúde do município está priorizando a prevenção combinada, que engloba a educação em saúde, vacinação para proteger contra a hepatite B, distribuição de preservativos, estratégia de redução de danos, oferta de teste rápido em todas as unidades. Também são realizadas atividades de atendimento e diagnóstico descentralizados, onde é facilitado o acesso ao usuário.

José Luiz Machado juntamente com o SAE (Serviço de Atendimento Especializado) vem trabalhando de forma intensa para conseguir a liberação dos remédios de hepatite C de maneira mais ágil, pois assim aumentam significativamente as chances de cura.

No dia 28 de julho, domingo, é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais. E nesta sexta-feira (26/07), o SAE juntamente com o Rotary Clube está realizando a campanha “Hepatite Zero” com atividades e orientações até as 17 horas na praça XV de Novembro.

O SAE está localizado na Rua Presidente Vargas nº 2389, horário de atendimento 7 às 12 horas e das 13 às 16 horas. Maiores informações podem ser obtidas pelo fone: 3430-3748.