Gerência da Caixa faz balanço das atividades e orienta quem tem direito a receber Auxílio Emergencial

 
 
 
 
 
 
O gerente da agência local da Caixa Econômica Federal, Paulo Schluter, realizou um balanço das atividades desenvolvidas para pagamento do Auxílio Emergencial do governo federal.
 
 
 
Segundo o levantamento realizado, a quinta-feira, 30 de abril, foi o dia mais crítico, o que provocou a formação de filas com centenas de pessoas aguardando para receber os valores disponibilizados para pessoas que tiveram cadastros aprovados via app e site da CEF.
 
 
 
Na quinta-feira, desde o início das atividades, até o encerramento, as 15;30hs foram realizados 570 atendimentos, incluindo beneficiários que não conseguiram receber o valor de R$ 600,00 nos dias anteriores.
 
 
 
O gerente Paulo Schluter, fez questão de alertar que "não é necessário ir para a frente da agência na noite ou madrugada anterior, pois será muito tempo de espera, uma vez que as portas são abertas as 9;00hs. Outra questão é referente ao não cumprimento do distanciamento entre uma pessoa e outra, orientação da vigilância sanitária do município e da própria CEF.
 
 
 
Na quinta-feira, foi necessário solicitar auxílio da Brigada Militar para orientar as pessoas que estavam na fila. Por outro lado, a cada dia a instituição bancária vem tentando melhorar a utilização do aplicativo para cadastramento e acompanhamento da solicitação do valor. Há também preocupação com pessoas que não dominam a tecnologia e por isso não conseguem se cadastrar para saber se possuem ou não direito de receber o valor previsto.
 
 
 
Na medida do possível, a própria Caixa está colocando funcionários para auxiliar pessoas com dificuldades de utilizar smartphones para cadastramento. 
 
 
No inicio da semana o Secretário Municipal de Educação, João Carlos Reolon, anunciou que colocou funcionários da secretaria em quatro escolas para auxiliar pessoas que tem essa dificuldade. As escolas são a Ubaldo Sorrilha da Costa, República Argentina, Fernando Ferrari e Vicente Goulart.
 
 
O gerente local da CEF acrescentou ainda que "a Caixa se solidariza com a população e procurar ajudar na medida do possível. Pedimos desculpas pela demora no atendimento, mas podem ter certeza que estamos sempre preocupados em bem atender a todos".
 
 
Na entrevista concedida ao Jornal Digital EXPRESSOESTE, fez questão de informar que não procede a notícia de que a agência local abrirá neste sábado. Segundo a gerência, somente as agência da CEF de Alegrete e Uruguaiana irão abrir para atender ao público no sábado. Em São Borja, permanece o anunciado anteriormente.
 
 
Para pessoas nascidas em setembro e outubro o pagamento será realizado na segunda-feira, 04, e para nascidos em novembro e dezembro, o pagamento se dará na terça-feira, 05.