OPINIÃO - Com samba-enredo homenageando Marly Alvarez, MOCIVIU leva o título na avenida

A ex-primeira dama Marly Alvarez, foi a homenageada pela Mociviu, campeão do Carnaval 2020.
 
 
 
 
Com o tema "A MOCIVIU bate no peito com orgulho e emoção Dona Marly habita em nosso coração", a Escola de Samba da Vila Umbu levou, com justiça, o título de Campeã do Carnaval 2020 de São Borja. A decisão de homenagear Marly Alvarez, uma referência de primeira-dama do município, que faleceu no ano passado, foi um dos trunfos para a Mociviu alcançar o título do carnaval deste ano.
 
A história cantada no samba-enredo, reproduziu em detalhes quem foi em vida e como pessoa pública, a homenageada. Os jurados chegaram a decisão com certa facilidade, até por que as outras duas escolas, Vai Vai que homenageou Bia Ifran,e Unidos Pela Ponte que apresentou o tema Céu Azul Para o Vôo da Aladim, levaram para a passarela do samba o melhor que poderiam mostrar: sambas-enredo bem compostos e o colorido que empolgou a multidão, mas não o suficiente para chegar ao primeiro lugar.
 
O título, conquistado e confirmado na tarde deste domingo, logo depois do encerramento da festa na avenida, quase que como unanimidade, já era dado como da MOCIVIU, pelo conjunto da obra: o tema escolhido, samba enredo muito bem interpretado, alegorias de chão e em carros,sua comissão de frente, muito colorido e o entrosamento dos mais de 250 integrantes, que não deixavam dúvidas: a escola foi para a avenida com a firme disposição de ser campeã.
 
Mais de 15 mil pessoas na noite de sábado, três escolas e blocos carnavalescos fizeram a festa na avenida Venâncio Aires num desfile que começou as 22.30 hs e só se encerrou por volta das três horas da madrugada do domingo.
 
Desde o momento em que as pessoas começaram a chegar ao local dos desfiles, no final da tarde, já era possível observar que a organização do evento havia cuidado de todos os detalhes e que a festa seria completa. Foi o que o público que ocupou os camarotes, todos comercializados, e os demais expectadores que tomaram os mais de mil metros, viram durante mais de quatro horas de apresentações. 
 
A organização da festa também foi um dos pontos altos do evento. Desde a venda antecipada dos camarotes, o cuidado com os locais que abrigaram o público que não precisou pagar ingressos e a montagem de toda estrutura, também são dignos de elogios. A sonorização que sempre causa preocupações, recebeu nota 10. A Pró-Vox, empresa contratada para a ocasião, fez um trabalho a altura do grande evento, com profissionalismo e cuidando de todos os detalhes para que tudo funcionasse próximo da perfeição, como de fato aconteceu. A Brigada Militar com dezenas de profissionais praticamente não teve muito trabalho para garantir a segurança da festa.
 
Só se pode dizer que o Carnaval de São Borja deste ano, que já havia recebido rasgados elogios durante a realização do Concurso Regional de Música para o Carnaval e na festa de Escolha da Corte, deu na noite de sábado para domingo um passo gigante. Agora resta esperar o Cais Folia que será realizado durante quatro noites (de 21 a 24 de fevereiro) no Cais do Porto. A expectativa da organização é que o público aumente em relação a edição de 2019, passando de 10 para 12 mil pessoas em média a cada noite.
 
Parabéns a administração municipal que deu todo o respaldo para que os organizadores alcançassem os resultados que pretendiam. Com certeza o Reinado de Momo deste ano chegará ao seu final com motivos de sobra para comemorar.
 
 
 
Integrantes da Mociviu comemoraram após divulgação do resultado na Praça XV.
 
 
OPINIÃO: Paulo Roberto Pires.