Bugre Missioneiro cria categorias de base e um dos coordenadores é Canhotinho Amaral.

Eduardo Rocha Santos, diretor do Bugre, e os coordenadores das futuras categorias de base do clube, Canhotinho Amaral (c) e Cesar Basseto.
 
 
 

A direção do São Borja em reunião realizada na quarta-feira, (03), decidiu criar o departamento das categorias de base do clube.

A iniciativa tem por objetivo formar atletas aproveitando crianças e adolescentes da cidade, que em número expressivo sempre buscam oportunidade no futebol.

O departamento das categorias de base do Bugre, será coordenado pelo ex atleta Canhotinho Amaral, formado no próprio São Borja e com passagens pelo Internacional de Porto Alegre, Brasil de Pelotas e no futebol mexicano, juntamente com o desportista Cesar Basseto.

Segundo o diretor do clube, Eduardo Rocha Santos, “muito mais do que formar jogadores para a equipe profissional, a iniciativa visa contribuir na promoção do bem-estar social, integrando jovens talentos e mostrando-lhes que há alternativas para quem almeja um futuro promissor”.

O objetivo é fazer com que as categorias de base do Bugre Missioneiro sejam referência para toda a região.

Os pais de jovens que pretendam integrar as equipes de base do clube serão contatados pois a idéia é trabalhar com crianças e adolescentes com idade de 7 a 15 anos.

 

Como funcionarão as categorias de base do Bugre

Ao ingressar no projeto, os jovens serão organizados conforme a idade em divisões que vão do sub 11 ao sub 17.

Os meninos irão cumprir uma agenda de compromissos no clube, com treinos pelo menos duas vezes por semana, no Estádio Vicente Goulart.

As atividades ocorrerão sempre no turno oposto ao das aulas. “Estar estudando é requisito indispensável para integrar o grupo. "Essa regra contribui para estimular o desenvolvimento dos atletas", afirma o coordenador Canhotinho Amaral.

Reunião com o secretário municipal de educação, João Carlos Reolon, será agendada em breve para discutir a possibilidade de integrar ao projeto, estudantes da rede municipal de ensino.

O ingresso no clube

Os jovens interessados em participar da escolinha devem fazer a matrícula na secretaria do clube, acompanhados de pais ou responsáveis. O período para realização da “peneira” será anunciado em breve pela coordenação do projeto.

Os interessados deverão portar documento de identidade no ato da inscrição, atestado médico e de escolaridade, além de efetuar o pagamento de taxa de inscrição e mensalidade.